Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / Resumo dos pronunciamentos dia 12 de setembro de 2017

Resumo dos pronunciamentos dia 12 de setembro de 2017

por Janemar — publicado 13/09/2017 20h28, última modificação 13/09/2017 20h28

Renata Sabra Baião Fiorio Nascimento (PSD)

 

Disse que é importante que os vereadores apoiem a a Feira da Bondade, devido aos benefícios que o evento gera para várias instituições filantrópicas da cidade. Falou que gostaria de ter informações da Agersa e BRK Ambiental a respeito da transferência do contrato e do número de residências efetivamente ligadas a rede de esgoto. Afirmou estar revoltada com a perda de vidas na BR 101 e parabenizou a Santa Casa de Cachoeiro pelo atendimento prestado às vítimas e familiares. “Apesar da falta de recursos, ela faz um trabalho indispensável para Cachoeiro e cidades vizinhas”, falou a vereadora.

 

Higner Mansur (PSB)

 

Leu texto de Laurindo Apolinário publicado há 80 anos, que falava da ocupação desordenada da cidade. “Já naquela época imperava a lei mais fácil, o que, em termos de planejamento urbano, causa inúmeros problemas”, falou o vereador. Afirmou que é preciso tomar providências para prevenir, ou ter planos para lidar com catástrofes naturais, e muito antes de acontecerem. Disse que o Poder Público ainda não se deu conta da riqueza que pode ser gerada pelo lixo. “Rejeitos do setor de mármore podem render um bom dinheiro para a cidade”, falou o vereador. Afirmou que em Cachoeiro não se dá a devida atenção aos catadores de material reciclável. “Eles poderiam viver com mais dignidade”, falou o vereador.

 

 

Diogo Pereira Lube (PDT)

 

Lamentou o fechamento da biblioteca do Coronel Borges. “Cachoeiro precisa preservar sua memória”, falou o vereador. Falou sobre o setembro amarelo, mês dedicado a prevenção do suicídio. “Suicídio acontece em qualquer país, inclusive os ricos, como o Japão, que tem altos índices”, falou o vereador. Disse que apresentou projeto na Casa para que a violência contra idosos seja denunciada, e também para que se tenha conhecimento destes índices em Cachoeiro. “É preciso que a prefeitura crie mecanismos para isto aconteça, trabalhando junto aos agentes de saúde, por exemplo”, falou.

 

 

Alexandre Andreza Macedo (DEM)

Disse que tem comunidades no interior de Cachoeiro que não conseguem trocas de lâmpadas queimadas nos postes. Falou que o distrito de Itaoca deseja ver realizado desfile cívico escolar, e que terá sua biblioteca de Itaoca reaberta quarta-feira. Lamentou que o atendimento norturno no PA de Itaoca não possa ser reaberto.

 

 

Edison Valentim Fassarela (PV)

 

Falou que esteve na Secretaria de Obras para falar a respeito de levantamento de obras necessárias para o Bairro Paraiso, como Unidade de Saúde, construção de rede de esgoto e reforma de praças, calçamento de ruas e manilhamento.

 

Alexon Soares Cipriano (PROS)

 

Disse que espera que o novo Portal de Transparência da Prefeitura seja mais acessível à população em geral e solicitou a Prefeitura que abra um campo específico em seu site para que os cidadãos postem reclamações relativas à iluminação pública. Falou que é estranho que precise acontecer graves acidentes na BR 101 para que o governo se movimente em busca de soluções e cobre o cumpriomento correto do contrato. Reclamou da calçada do Centro de Saúde Municipal, que está esburacada há mais de três meses. “Entendo que a reforma tenha sido parada para ser replanejada, mas o problema da calçada pede urgência”, falou. Afirmou que o Córrego do Coramara precisa de limpeza, pois a temporada de chuvas está chegando.

 

 

Delandi Pereira Macedo (PSC)

 

Falou sobre a necessidade de pressionar o Poder Público para a duplicação da BR 101. “Vereadores, prefeitos e deputados de todo o estado poderiam se juntar e começar a pedir providências ao Governo Federal quanto a ECO 101 e o cumprimento do contrato”, falou. Falou que a prefeitura está fazendo o termo de referência para que seja aberto o processo licitatório do estacionamento rotativo.

 

 

Elio Carlos Silva de Miranda (PDT)

 

Disse que é necessário que se o calendário de serviços da Prefeitura for seguido, os córregos da cidade serão limpos. Disse que o evento que organizou para idosos muito gratificante.

 

 

Rodrigo Sandi (PODE)

 

Disse que o momento é de os políticos se unirem para buscarem soluções para BR 101, e que é contra a cobrança do pedágio, pois o serviço entregue à população deixa muito a desejar.

 

 

Allan Albert Lourenço Ferreira (PRB)

 

Disse ouvir muitas reclamações sobre o transporte público em Cachoeiro, sobre problemas que vão da lotação a falta de cumprimento de horários. Disse que os vereadores fazem indicações de obras e outras pessoas que fazem parte do Executivo acabam levando o crédito por elas. Falou que seu partido fará reunião para traçar metas para o próximo ano na sexta-feira. Agradeceu às Secretarias de Esportes e de Educação.

 

 

Wallace Marvila Fernandes (PP)

 

Disse que vai participar de Corrida Ciclística que será promovida pela São Camilo no dia 08 de outubro. Disse ter feito indicação de para que a APAE tenha um hortão, para que a instituição tenha mais renda, já que a produção poderá ser vendida.

 

 

Paulo Sergio de Almeida (PRP)

 

Lamentou a morte de Léo Alves Machado, o “Esquerdinha”. Disse que a festa do distrito de Santa Fé o surpreendeu, mas reclamou da falta de membros do Poder Executivo. “O Poder Público precisa apoiar as comunidades do interior”, falou o vereador. Disse que a Associação de Moradores do Bairro Coronel Borges promoverá sua festa, que contará com desfile escolar e o Dia D da Cidadania, que terá serviços como corte de cabelo.

 

 

Alexandre Bastos Rodrigues (PSB)

 

Disse que a ECO 101 arrecada muito dinheiro do pedágio, mas não investe na melhoria dos serviços e tampouco na duplicação da rodovia, e que entende que todos os políticos do estado devem se unir pela duplicação da rodovia, deixando as questões partidárias de lado.