Resumo dos Pronunciamentos 08/09/2021

por Camila Reis publicado 08/09/2021 17h35, última modificação 08/09/2021 17h35

Resumo dos pronunciamentos da Sessão Ordinária do dia 08/09/2021

Sebastião Ary Corrêa (Patriota)

Afirmou não se sentiu nem um pouco à vontade em definir punição para um colega vereador, mas o fez por ter aceitado a missão de fazer parte da comissão de ética. Falou sobre a paralização dos caminhoneiros na Safra e as reivindicações dos manifestantes. Informou que não estão parando carros pequenos, de passeio ou com cargas perecíveis, mas somente veículos com cargas secas e não perecíveis. Pediu que, quem puder, ajude aos caminhoneiros parados com água e lanches. “Me sinto honrado em fazer parte dessa classe de caminhoneiros!”. Relatou os números de manifestantes envolvidos na manifestação de 07 de setembro em Cachoeiro, conforme estimativas da PM, dentre pessoas e veículos.  Disse que o presidente Bolsonaro precisará tomar muito cuidado a partir de hoje com falsos apoiadores, que se aproximarão apenas para obter vantagem eleitoral, como Alexandre Frota. Sobre a fala de Allan Ferreira, afirmou que o município é quem traz candidatos de fora para deputados e senadores e ainda usa os recursos da prefeitura para promove-los. Denunciou também que o campo do Estrela do Norte FC será leiloado e que sabe qual será o grupo que vai adquiri-lo para construção de supermercado.

Mestre Gelinho (PSDB)

Sobre a comissão de ética que avaliou o caso dos vereadores Alexandre de Itaoca e Leo Camargo: “Estamos aqui de passagem, a Casa de leis fica e todos nós temos respeito por essa Casa e precisamos dar uma resposta para a sociedade”.

Osmar Chupeta (Republicanos)

Agradeceu pelo acolhimento recebido nesses primeiros 90 dias de mandato. Pediu ao vereador Pr. Delandi Macedo que orasse por ele na tribuna. Afirmou que continuará sendo representante do povo e levando suas demandas ao prefeito. Informou que teve reuniões produtivas na Agersa sobre o retorno do ônibus para São Vicente. Pediu apoio dos demais vereadores à iniciativa que protocolará nomeando seu gabinete como ‘Silvinho Coelho’, em homenagem ao saudoso vereador que o precedeu na vaga.

Paulinho Careca (PSB)

Complementou a fala de Ary Corrêa, informando que também teve uma patrol na manifestação, além dos veículos mencionados. Falou sobre o Setembro Verde, campanha de conscientização pela inclusão da pessoa com deficiência, instituído pela Lei “Moisés” (nº 7517/2017) em homenagem ao “20º vereador” da Câmara. Pediu que a Câmara coloque o laço verde na frente do prédio. Informou que na Sessão Solene que acontecerá em 27/09 a Apae estará presente.

Marcelinho Fávero (PL)

Agradeceu pela limpeza de ruas do bairro Coramara por equipes da empresa Corpus: “O problema tá no povo, e a solução tá no Poder Executivo”. Afirmou que é necessário valorizar movimentos como o acontecido em 07/09 porque, por muito tempo, tivemos um povo adormecido, parado. “O povo está saindo de um estado de paralisia e se movendo agora”. Criticou a abordagem do Jornal Nacional ao noticiar as manifestações, o favorecimento da imprensa, em sua maioria, a quem ‘paga mais’, a interferência negativa do STF nas decisões do governo e a supervalorização do preço dos combustíveis.

Diogo Pereira Lube (PP)

Anunciou que amanhã a Escola do Legislativo promoverá curso de Primeiros Socorros para os servidores, atendendo a Lei Federal que determina a capacitação de servidores, em especial nas escolas, para atender males súbitos e evitar mortes. Informou que foi publicado no Diário Oficial do dia 30/08 que a prefeitura abriu cadastro no seu site para oportunidades de estágio para jovens em busca do primeiro emprego. Mencionou a lei do Setembro Amarelo, pela conscientização e prevenção do suicídio, e campanha da prefeitura de inclusão aos portadores do espetro do autismo. Voltou a criticar a ineficiência na comunicação da prefeitura em relação aos projetos, considerando que a internet não é bem público e boa parte da população não tem acesso ao site. Falou sobre lei que está propondo de conscientização sobre a violência obstétrica e queixou-se de que nenhuma lei de conscientização que propôs ao longo dos mandatos resultou em qualquer campanha ou ação por parte da prefeitura. Sobre as manifestações de 07/09, afirmou ser a favor de toda manifestação cívica. Disse que o seu partido tem progressistas apenas no nome e que as nomenclaturas nem sempre correspondem às ações. “É preciso falar de justiça social!”.

Pr. Delandi Macedo (Podemos)

Discursou sobre a ‘briga de forças’ visível nas manifestações, que afirmou ser prejudicial à população. “O importante é manter o equilíbrio e o respeito a todos”.  Afirmou que o Brasil está economicamente equilibrado graças aos esforços do povo e que são necessários certos ‘controles’ para manter o respeito. Falou sobre o Setembro Amarelo, cuja lei propôs no município, e a triconomia do indivíduo, ressaltando que as pessoas precisam de saúde de corpo, mente e espírito.  Falou sobre a notícia de penhora do estádio do Estrela do Norte FC e que há um grupo de profissionais que culpam os vereadores pela situação por não ter derrubado veto do prefeito no ano passado ao PL proposto por Renata Fiório, que isentaria entidades filantrópicas do imposto. Esclareceu que é um projeto populista, inconstitucional, e que os vereadores precisam ter responsabilidade com o que votam.

Brás Zagotto (PV)

“Não é prerrogativa nossa mexer no orçamento do município, mas, mesmo assim, a Câmara vai salvar o campo do Estrela”. Relatou que vereadores já estiveram em reunião com a procuradoria do Município e a situação será revertida através de novo Projeto de Lei que será enviado à Câmara. Informou que foi solicitada a nominação da ponte de Usina São Miguel de ‘Silvio Coelho Neto’, em homenagem ao saudoso vereador que tanto lutou pela obra. Parabenizou toda a diretoria do Estrela do Norte FC pelo trabalho.

Allan Ferreira (Podemos)

Reforçou pedido de urgência na construção de muros de arrimo, pavimentação e drenagem em três ruas do São Francisco de Assis, onde já não trafegam mais caminhões, inclusive o de coleta de lixo, e que, em breve, é possível que também não passem mais carros pequenos. Os projetos já estão prontos e a população aguarda há muito tempo. Falou sobre a sala de necrópsia de Cachoeiro, sobre a qual alertou que o sul do estado todo ficaria sem atendimento em razão de reforma no espaço. Informou que a prefeitura já providenciou sala na Upa do Marbrasa para o serviço.  Mencionou o fato de o deputado federal Felipe Rigoni, de Linhares, que visitou a Câmara na última sexta, ter recebido cerca de 3.000 votos aqui em Cachoeiro. Disse que vai continuar combatendo esses parlamentares, que contribuem para levar as industrias e benefícios para o norte do estado em detrimento ao sul.

Juninho Corrêa (PL)

“Ontem comemoramos 199 anos da nossa independência e fomos às ruas para nos manifestar a favor do nosso país e da nossa democracia”. Afirmou que em Cachoeiro existem mídias que recebem dinheiro para atacar parlamentares que não se posicionem de acordo com suas pautas e também que taxaram o movimento de antidemocrático. Porém o que viu em São Paulo foi uma manifestação de famílias – casais, crianças, idosos, “gente de verde e a amarelo lutando por liberdade (...) Viva Deus, pátria, família!”.