Você está aqui: Página Inicial / Comunicação / Notícias / Resumo dos pronunciamentos dia 06 de junho de 2017

Resumo dos pronunciamentos dia 06 de junho de 2017

por Janemar publicado 12/06/2017 14h20, última modificação 12/06/2017 14h20
Pronunciamentos

Resumo dos Pronunciamentos do dia 06 de junho de 2017

Elio Carlos Silva de Miranda (PDT)

Falou que pessoas que tem direito a gratuidade no transporte público estão encontrando dificuldades em utilizar o direito, como os soldados do Tiro de Guerra. “A revisão na lei feita em 2016 impede o acesso da maioria deles, já que leva em conta o cadastro em programas sociais”, falou. Reclamou da cratera formada no pátio do posto de Saúde do bairro Aeroporto, que impede a entrada de veículos, assunto sobre o qual já fez indicações, além de já ter conversado com as secretarias da prefeitura. “É um serviço simples, cerca de três sacos de cimento e um pouco de brita tapariam o buraco”, afirmou o vereador. Disse que está buscando recursos de emendas dos deputados para pavimentação de três ruas do bairro Bela Vista. “Mas espero que a Prefeitura tenha as certidões necessárias para ter acesso aos recursos”, falou.

 

Wallace Marvila Fernandes (PP)

Disse que a Comissão de educação da Câmara, da qual faz parte, fará visita às escolas, a fim de fiscalizá-las. Reclamou da falta de médicos nos postos de saúde da cidade, insuficiente principalmente nos fins de semana. “Uns dos motivos são os baixos salários pagos pela prefeitura de Cachoeiro”, falou.

 

Renata Sabra Baião Fiorio Nascimento (PSD)

Falou ser necessária a educação ambiental, para moradores da cidade e do campo . Afirmou que os produtores rurais precisam de incentivo para que possam preservar suas nascentes e matas. “O lucro das propriedades frequentemente é gasto na aquisição de veículos, mas é preciso que sejam incentivados a investirem na preservação dos recursos hídricos também”, falou.

 

 

Higner Mansur (PSB)

 

Disse que o secretário Mario Louzada se saiu bem na sabatina feita pela Câmara, e vem correspondendo ao que se espera de um secretário da pasta de desenvolvimento urbano. Disse que respeita as religiões, mas entende que o estado é laico e votará contra ao projeto “Semana do Pastor”, falou o vereador. Falou que votará a favor do projeto do vereador Alan sobre a mudança nos horários das Sessões, a fim de aferir os resultados. “Se o resultado for positivo, a mudança de horário será mantida”, falou o vereador.

 

Sílvio Coelho Neto (PRP)

Defendeu o projeto que cria a Semana do Pastor, cujo objetivo foi estender um pouco mais as comemorações do Dia do Pastor. “A colaboração de muitos deles é inestimável para a sociedade”, falou. Agradeceu a prefeitura pela operação tapa-buraco na rodovia do Valão. Disse que está tendo conversas como o governo no intuito de ajudar o APAE. Fez solicitação de limpeza para o distrito de Coutinho.

 

Allan Albert Lourenço Ferreira (PRB)

Disse que propôs mudança de horário nas sessões da Câmara para que mais pessoas possam assistir às sessões e entender melhor o trabalho do vereador. “Espero que seja aprovado”, falou.

Diogo Pereira Lube (PDT)

Disse ser solidário com o vereador Delandi. “Como político, entendo que a população não conhece o trabalho do vereador, e quando boatos espalham pelas redes sociais, não temos como nos defender”,falou. Disse que fez pedido de informação à prefeitura sobre acoes e polítocas de enfrentamento às drogas. Lembrou que pode ser difícil falar sobre prevenção à gravidez na adolescência, já que o assunto passa pela sexualidade, devido às próprias famílias e a lei “Escola sem Partido”.

Delandi Pereira Macedo (PSC)

Disse que conversou com o prefeito sobre a situação dos agentes de saúde e endemias do município, e já tem reunião marcada com o prefeito para o próximo dia 14 de junho. “Eles pediram ticket alimentação e feira, definição do vínculo empregatício, entre outras”, falou. Disse estar satisfeito por que o o prefeito e o chefe do DER estiveram na “Curva da Morte” , na Serra de Soturno, para ver que providências tomar na estrada. “Para mim, o ideal é que a estrada tenha uma área de escape. Apenas a instalação de radar não resolve, apesar que a maioria dos acidentes que acontecem lá são provocados por pessoas que não conhecem a estrada. Para estas, talvez o redutor de velocidade ajude”, falou.

 

Edison Valentim Fassarela (PV)

Parabenizou o prefeito por iniciativa tomada na estrada da serra de Soturno. Disse que a Comissão de Saúde fez uma visita à algumas unidades de saúde da cidade. Falou que o Posto de Saúde do Zumbi, que funciona junto com uma escola, pode ser melhorado, com a instalação da sala dos enfermeiros, no mínimo.

Alexon Soares Cipriano (PROS)

Disse que apresentou projeto de emenda a Lei Orgânica para que o número de vereadores seja reduzido para treze. “É um anseio da população, e também uma adequação à estrutura da Casa, que teria uma redução significativa de despesas se o projeto for aprovado”, falou. Falou que a corrupção é endêmica no país e atinge pequenos e grande igualmente. “Dito isso, gostaria que todos refletissem sobre que país gostariam que seus filhos herdassem” , falou. Reclamou dos gastos com comunicação do governo do estado, que cortou verbas essenciais para a saúde.

Paulo Sergio de Almeida (PRP)

Agradeceu a Prefeitura por serviços feitos no IBC, como capina, varrição e limpeza. “A limpeza nunca foi feita da forma que foi”, falou. Disse que Cachoeiro precisa de um Centro de Saúde especializado em saúde da Mulher. “O prefeito acolheu a ideia, que tem um custo relativamente baixo”, falou. Disse que a prefeitura precisa de projeto no sentido de combate à gravidez na adolescência, devido aos altos índices em Cachoeiro. “É preciso tocar no assunto do planejamento familiar. Só neste ano já temos cerca de 900 casos”, falou o vereador.

Bras Zagotto (SD)

 

Agradeceu ao presidente pela instalação das câmeras de segurança nos corredores da Casa.

 Rodrigo Sandi (PODE)

 Disse que o Posto de Saúde do bairro Zumbi precisa de melhorias e de mais médicos. “O posto precisa de troca de portas e maçanetas, lâmpadas, mobiliário, telefone fixo, sala de curativos, ambulância, entre outras”. Disse que o consultório dentário do posto de saúde do zumbi esteriliza seus aparelhos dentro do antigo banheiro.